Ver mais notícias

Controladores de tráfego aéreo espanhóis anunciaram que entrarão em greve durante quatro dias em julho, em meio a uma disputa sobre punições impostas pelo operador aeroportuário Aena aos controladores por uma greve feita em 2010, afirmou o sindicato nesta segunda-feira.

Os controladores, que entraram em greve em junho, em resposta às sanções da Aena contra 61 controladores aéreos em Barcelona, vão parar em 11, 12, 25 e 26 de julho por três horas cada dia.

A greve será bem no mês em que a Espanha começa a temporada de turismo de verão e ameaça interromper uma indústria que representa mais de 10 por cento da produção econômica do país.

A Aena não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

 

 

Comente

Ver mais notícias