Ver mais notícias

Aos 13 anos, a companhia aérea chilena Sky Airlines, que ficou mais conhecida no Brasil em abril do ano passado, ao iniciar voos para São Paulo, está em transformação. E, segundo o sub-gerente de Vendas Internacionais da empresa, Sebastián Echeverría, as mudanças começam em dezembro, quando a aérea assumirá a filosofia low cost/low fare. “Queremos transformar a empresa na primeira companhia aérea low cost do Chile. Seremos pioneiros lá”, conta. “O Chile tem política de céus abertos e é importante começar isso antes que observem esse potencial no mercado chileno e uma estrangeira opere desse modo”, diz.

A mudança estratégica já está sendo comunicada no Chile, segundo o chefe de Desenvolvimento de Segmento, Daniel Olivares. E, agora, começa a ser divulgada por aqui. Em dezembro, segundo os executivos, a empresa já terá mudanças nas refeições a bordo. “Estamos praticando algumas tarifas que já permitirão aos passageiros descobrirem os benefícios da low cost. Na rota para São Paulo, temos tarifas a US$ 98”, disse. Com dois voos diários entre São Paulo e Santiago, a Sky aposta nos turistas de lazer e étnicos. “Temos alcançado ocupação de 90% com essa aposta”, completa. 

 

 

Comente

Ver mais notícias