Ver mais notícias

A CEO da easyJet, Carolyn McCall, acompanhada pelo Secretário de Estado dos Transportes Inglês, Patrick McLoughlin MP, esteve hoje presente na inauguração oficial do novo centro de formação da companhia aérea: “A easyJet Gatwick Academy ‘.

A nova academia, que envolve um investimento de 2,7 milhões de libras, foi desenhada para suportar o contínuo crescimento da companhia aérea e para alojar o mais inovador centro de formação, que contempla salas de aula, simuladores de cabine, mangas de evacuação e equipamento para formação em casa de incêndio. A Academia está localizada no Concorde House, no London Gatwick Airport, e irá dar formação aos pilotos da easyJet e à tripulação provenientes das mais distintas bases em toda a Europa. A easyJet possui, atualmente, tripulações sediadas no Reino Unido, França, Alemanha, Holanda, Itália, Portugal, e em Espanha a partir de 2016.

Carolyn McCall anunciou ainda que a easyJet, a maior companhia aérea do Reino Unido, vai recrutar 1.140 membros de tripulação durante os próximos anos. Aproximadamente 830 profissionais de tripulação de cabine e 310 pilotos.

De acordo com Carolyn McCall, presidente-executiva da easyJet, “durante os próximos doze meses vamos recrutar mais de 1.100 pilotos e tripulantes de cabine. A easyJet é uma companhia aérea dinâmica e, como tal, procuramos pessoas que sejam não só apaixonadas pela aviação, mas também pelo serviço ao cliente. Estamos verdadeiramente empenhados em promover novos talentos. Existem inúmeras oportunidades de desenvolvimento disponíveis”.

“As competências e o profissionalismo dos nossos pilotos são duas grandes vantagens da easyJet. Oferecemos um percurso de carreira muito atrativo para os pilotos. Estes poderão, potencialmente, passar de primeiro-oficial a comandante mais rapidamente do que em outras companhias aéreas. Além disto, existem também oportunidades para os pilotos desenvolverem a sua carreira nas áreas da formação ou gestão”, acrescentou.

Na mesma ocasião, o Secretário de Estado dos Transportes Inglês, Patrick McLoughlin MP, afirmou que “a reputação de topo dos pilotos britânicos e da nossa tripulação ajudou a construir uma indústria da aviação próspera. O novo centro de formação irá ajudar a sustentar este sucesso.

Vão existir oportunidades de trabalho para pilotos e tripulantes em todas as bases da easyJet no Reino Unido – Belfast, Bristol, Edimburgo, Gatwick, Glasgow, Liverpool, Luton, Manchester, Newcastle, Southend e Stansted.

 

 

Comente

Ver mais notícias