Ver mais notícias

A Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC publicou nesta quarta-feira (28), no Diário Oficial da União, a portaria 2.857 que concedeu certificação ao GRU Airport para ser utilizado regularmente por quaisquer aeronaves compatíveis com o código de referência 4E ou inferior, permitidas operações das aeronaves Boeing 747-8 e Airbus A380.

Como a categoria do A380 é a 4F (entenda no quadro abaixo), a operação em Guarulhos deve seguir os procedimentos especiais descritos no Manual de Operação do Aeródromo aprovado pela ANAC. Embora não tenhamos analisado o MOPS, uma das restrições será a operação do A380 somente na pista principal do aeroporto (09L/27R), a qual foi alargada para receber a aeronave, enquanto que a outra pista permanece com 45 metros.

Abaixo, colocamos uma lista das categorias de aeronave da Airbus, e onde se encaixa o A380.

E na tabela a seguir, entenda as diferenças entre as categorias. A tabela está em inglês, mas para ajudar no entendimento, a categoria 4F, onde está o A380, refere-se a aeronaves que precisam de mais 1.800 metros para decolar, que tenham entre 65 e 80 metros de envergadura (de uma ponta de asa à outra) e entre 14 e 16 metros entre as partes mais externas do trem de pouso principal (o que fica na “barriga”).

 

A 380

 

CATEGORIAS

 

CATEGORIA 2

 

Comente

Ver mais notícias