Ver mais notícias

Após o anúncio de falência da companhia aérea estatal da Estônia, a Estonian Air, o governo local criou imediatamente uma nova transportadora, a Nordic Aviation. A empresa foi criada para suprir a demanda doméstica e internacional. Os membros do conselho de administração são Jaan Tamm, Ahto Pärl e Erik Sakkov.
Em operação desde 8 de novembro, a aérea realizou 726 voos e serviu 26.370 passageiros em parceria com Adria Airways desde seu primeiro mês serviço tendo como hub o aeroporto de Tallinn. Até outubro de 2016 já foram reservados 56,7 mil tíquetes.

A Nordic, no entanto, ainda não possui frota própria nem funcionários. Todo aparato, incluindo aviões e equipe de cabine, é alugado das empresas BMI, Next Jet e Carpatair. O certificado, plataforma comercial e sistema de bilhetes são “emprestados” pela Adria.

Neste mês, a aérea, em parceria com a Adria Airways e operadores do país organizou voos fretados para resorts de esqui na Europa. Os serviços serão iniciados a partir da segunda metade de fevereiro de 2016. Haverá saídas para Milão, Bérgamo (Itália), Salzburgo (Áustria) e Geneva (Suíça). A Nordic já opera voos sazonais para Nice e Split (Croácia) e anunciou Munique, na Alemanha, como mais novo voo à malha.

A expectativa é que a operação independente tenha início no começo de 2016, com funcionários e serviços de bordo personalizados pela empresa estoniana. Além disso, espera-se que a Nordic Aviation seja apresentada em público no verão local do próximo ano.
 

 

 

Comente

Ver mais notícias