Ver mais notícias

O ministro da Aviação Civil, Guilherme Ramalho, esteve no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para verificar como o terminal está se preparando para os Jogos Olímpicos. Faltando pouco mais de 150 dias do mega evento, o ministro "entregou" as obras de reconstrução do pátio de aeronaves e de reforma da área comercial no 2º pavimento do terminal de passageiros. Foram investidos R$ 57,5 milhões – R$ 46,5 milhões no pátio e R$ 11 milhões no 2º pavimento.
Além de entregar as obras, o ministro visitou a ampliação da área comercial do aeroporto.

NOVO PÁTIO – O novo pátio ganhou uma nova posição de desembarque remoto (quando a aeronave efetua procedimentos de embarque/desembarque sem auxílio de pontes). O Santos Dumont passa a ter 22 posições: oito assistidas por pontes e 14 remotas. A reconstrução de 75,3 mil m² do pátio foi executada em dez etapas, planejada para reduzir o impacto na operação aeroportuária. O antigo revestimento do pátio foi totalmente demolido. A nova estrutura foi reforçada, foi implantado um novo sistema de drenagem de solo e aplicado novo pavimento de concreto, além de sinalização horizontal.

“Esta é uma obra que impacta positivamente toda a operação de embarque e desembarque no aeroporto”, avalia o ministro. Essas obras fazem parte de um conjunto de investimentos que o governo vem fazendo no aeroporto nos últimos cinco anos. No total, foram investidos R$ 81 milhões neste período, incluídas as obras que foram entregues na última quarta.

 

 

Comente

Ver mais notícias