Ver mais notícias

Airbus A330 da AirAsia partiu em 10 de março de 2015 de Sydney para Kuala Lumpur.

 

Um avião da companhia aérea malaia AirAsia aterrou na capital australiana Melbourne em vez da capital da Malásia Kuala Limpur devido à falta de atenção, diz o comunicado do Departamento da Segurança de Transporte da Austrália.

O incidente ocorreu em março do ano passado, mas os dados da investigação foram revelados apenas agora. O Airbus A330 da companhia aérea AirAsia partiu em 10 de março de 2015 de Sydney para Kuala Lumpur.

 

Durante o voo a tripulação descobriu problemas no funcionamento do sistema de navegação, mas não conseguiu voltar a Sydney devido às condições climáticas pioradas. "O comandante indicou acidentalmente uma posição longitudinal errada da aeronave", o que influenciou o sistema de navegação e os pilotos não repararam que estavam voando na direção errada.

Não foi o primeiro caso de incidente com a AirAsia. Na manhã de 28 de dezembro de 2014, um avião Airbus partiu da cidade de Surabaia (Indonésia) com destino a Singapura e desapareceu dos radares sem transmitir o sinal de socorro. A bordo estavam 162 pessoas, todas morreram. 

Segundo as normas da Organização da Aviação Civil Internacional, o relatório completo das causas do acidente deve ser publicado até um ano depois da queda pela entidade que investiga o caso.

 

 

 

Comentários

Antonio Carlos F. Monteiro disse:

Pois é... Ninguém mais consulta a bússola magnética que, além de tudo, "mofa" numa posição desprezada e invisível.
Vários acidentes consumaram-se, aqui e pelo mundo afora, devido a esse relapso. O seu "erro" ou melhor dizendo desvio magnético é amplamente esclarecido e divulgado para os aspirantes à navegação, seja ela por terá ar e mar!

08/09/2016 - 11:11:59

 

Comente

Ver mais notícias