Ver mais notícias

A aérea holandesa KLM, do grupo Air France/KLM, iniciou um projeto piloto que utiliza a tecnologia de reconhecimento facial para tornar o embarque de passageiros mais fácil e rápido. A tecnologia de “embarque biométrico” foi desenvolvida para que os passageiros não precisem mostrar o passaporte ao entrar no portão de embarque.

Por enquanto o sistema foi instalado em apenas um portão do Aeroporto Schiphol International, hub da companhia, em Amsterdã, e deve funcionar por pelo menos três meses. Os passageiros serão orientados a se registrar em um quiosque antes de embarcar para o voo. A KLM afirma que qualquer informação sobre o passageiro será apagada após o embarque e que as informações sairão do quiosque após dez horas.

A KLM também aponta avaliará quando o sistema é amigável ao usuário, sua confiabilidade e velocidade. O objetivo é melhorar a experiência de embarque e ajudar a transformar o aeroporto em um “líder digital” em 2018. Oficiais do aeroporto e da KLM vão avaliar os resultados do teste após o período de experiência para decidir se ele será instalado em larga escala.

 

 

Comente

Ver mais notícias