Ver mais notícias

A Airbus anunciou nesta semana a criação de uma startup de drones dentro da empresa, nomeada Airbus Aerial. Baseada em Atlanta, na Geórgia (EUA), o objetivo da iniciativa é desenvolver um serviço comercial de imagens e mapeamento, unindo informações recolhidas por drones, satélites, aeronaves de alta altitude e softwares. Outra base na Europa está nos planos da empresa. Segundo a Airbus, o serviço visa oferecer imagens aéreas, dados e análises de informações a uma série de áreas da indústria, atendendo mercados como o de agricultura, petróleo e gás, além de servir para utilidades de governos estaduais e locais.

"Através da Airbus Aerial, estamos comprometidos com o avanço da indústria comercial Unmanned Aerial Systems (UAS, conhecido informalmente como drones). Estamos reunindo parceiros de todo o setor - desde fabricantes de veículos, empresas de análise de dados, provedores de serviços e outros - para fornecer serviços focados em dados em larga escala ", explicou o CEO da Airbus
Reprodução Vídeo Divulgação - Airbus AerialEm vídeo, Airbus demonstra como funciona o serviço de imagens e mapeamento da nova startup
Em vídeo, Airbus demonstra como funciona o serviço de imagens e mapeamento da nova startup
Defence e Space, Dirk Hoke; a divisão responsável pelo desenvolvimento e fabricação de produtos destinados à aplicação aeroespacial e de defesa.

"Usando uma combinação integrada de ativos, desde plataformas UAS até imagens de satélite, a Airbus Aerial está lançando uma ampla gama de novos serviços de imagens. No futuro, os pilares adicionais das atividades da Airbus Aerial serão na área de serviços de drone de carga, bem como fornecer conectividade via ativos aéreos", acrescentou ainda o CEO.

Jesse Kallman, especialista na indústria de drones e com 12 anos de experiência no setor, foi nomeado o presidente da base da empresa nos Estados Unidos. "Drones são apenas um pedaço de uma imagem muito maior para nós", explicou Kallman. "A Airbus Aerial reúne uma variedade de tecnologias aeroespaciais - incluindo drones e satélites - combina-os em uma infraestrutura de software e aplica análises específicas do setor para oferecer soluções personalizadas aos maiores desafios dos nossos clientes", acrescentou.

 

 

 

Comente

Ver mais notícias