Ver mais notícias

O tráfego mundial de passageiros registrou recorde de crescimento no primeiro semestre de 2017. A indústria obteve o crescimento mais rápido dos últimos 12 anos nos primeiros seis meses do ano, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), com crescimento de 7,9% no tráfego. O fator de carga do semestre registrou recorde de 80,7%.
''Uma imagem econômica mais brilhante e tarifas aéreas mais baixas estão mantendo forte a procura de viagens. Mas, à medida que os custos aumentam, esse estímulo de tarifas mais baixas provavelmente desaparecerá. E incertezas como o Brexit precisam ser observadas com cuidado. No entanto, ainda esperamos que 2017 seja de crescimento acima da tendência'', destaca o diretor-geral e CEO da Iata, Alexandre de Juniac.

JUNHO
Em junho, a demanda do tráfego global de passageiros teve crescimento de 7,8% em comparação com o mesmo mês do ano anterior. O resultado dá continuidade ao valor positivo registrado em maio (alta de 7,7%). O setor teve desempenho positivo em todas as regiões do mundo, segundo a Iata, com destaque para a alta de 11,6% na Ásia/Pacífico. A capacidade registrada em junho, por sua vez, avançou 6,5%.

O tráfego internacional de passageiros teve um crescimento geral de 7,5% na demanda e 6,2% na capacidade, enquanto o doméstico registrou valores de 8,2% e 7% para os mesmos indicadores, respectivamente.

No mercado internacional, a América Latina obteve alta de 9,7% na demanda – muito por conta do elevado número de viagens realizadas dentro da região, enquanto as viagens para a América do Norte foram mais baixas. A capacidade, por sua vez, cresceu 9,1% na região.

 

 

Comente

Ver mais notícias